Bandeira do Egito    Bandeira do Brasil
Oremos pelo Brasil e pelo Egito







Pr. Ivo, em resumo...
Brasileiro, casado, tenho 2 filhos, 3 netos e 1 bisneta. Nasci em 14 de dezembro. Amo missões e intercessão. Tenho muitos anos de ministério e sou, pela graça de Deus, um Pastor.



acesso gratis


Google  
ELIM
 

Início do Blog: 15-11-2005


"Errais,
não conhecendo as Escrituras,
nem o poder de Deus."
(Jesus Cristo, em Mateus 22.29)







..::Meditação da Semana::..






..::Divulgue este Blog::..






..::Meu Award::..








..::EU ESTOU NO::..

Ivo Constancio

Criar seu atalho




..::Selos Comemorativos::..



Presente do Levi

Presente da Eliana

















..::Blogs Amigos::..




Link-me

Obrigada por me linkar

Jesus Freak

Image Hosted by ImageShack.us

Linke-me




..::Outros Blogs e Sites Amigos::..

Missões Portas Abertas
Site do Pr. Hugo Pinto(Portugal)



..::IMPORTANTE::..


Domingo da Igreja Perseguida





..::Awards Ganhos::..



Destaque do Amor, Perfeito Amor














Clique aqui e faça-nos uma visita!











Award do Meu Arco-Íris




..::Presentes dos Amigos::..




























Photobucket































 


..::Sobre o Blog::..
Imagens do Template:
À esquerda, Pr. Ivo com menino egípcio, nas 70 palmeiras, Egito, em setembro de 2004. À direita, mapa do Egito.

No ar desde
15/11/2005.


..::On-line::..


..::Visitantes::..





..::Arquivos::..

Ver mensagens anteriores



..::Powered By::..




..::Layout By::..




IGREJA FÁBRICA DE DISCIPULOS

“Ide, pois, e fazei discípulos meus” (Mateus 28,19).

   Este texto foi tirado do Novo Testamento, editado pela Igreja Católica em 1933, comemorativo do décimo nono centenário do nascimento de Cristo.

Optamos por esta tradução porque sentimos nela um aprofundamento da revelação do pensamento do Senhor Jesus, ao ordenar aos seus discípulos ou servos: “Fazei discípulos meus”.

   Fazer é fabricar. Podemos assim comparar as nossas Igrejas como fábrica de discípulos, cujo produto específico é discípulo para Jesus o dono da fabrica, e esses discípulos devem ser de acordo com um modelo que é o próprio Jesus (Efésios 4.13).

   Toda fábrica ou indústria possui um gerente, supervisores de várias categorias e especialistas, porém, todos trabalham com um fim PRODUZIR.

   Como está a produção de nossas fábricas de discípulos? Como está o gerente (Pastor)? Como estão os supervisores (os obreiros auxiliares)? Como estão os encarregados (Dirigentes de organizações)? Como estão os seus operário (Os crentes em geral)?

   Talvez, em muitos casos se fôssemos considerar o dinheiro gasto anualmente, o tempo empregado, a mão de obra, o número de trabalhadores, com os resultados obtidos, diríamos que estamos à beira da falência; de que algo está errado com muito das nossas “fábricas”. As energias gastas e todo esforço empregado não está correspondendo com o resultado obtido. Como estará encarando esta situação o Dono da “fábrica” – JESUS?

   A sua indústria é âmbito universal “Fazei discípulos de TODAS as nações”. A expansão do Seu programa não pode ser limitado a um bairro, uma cidade, a estado ou um país.

Ele tem uma meta de produção: Há um Reino a ser estabelecido. Ele pagou regiamente aos seus trabalhadores. Porém, muitos só querem receber, mas não querem produzir. Que fará o Senhor da “fábrica” de discípulos?

   PENSEMOS NISSO, NÓS QUE ESTAMOS ENVOLVIDOS NESSE NEGÓCIO!

Com estas considerações sobre a ordem de Jesus “FAZEI DISCIPULOS”, comparando a Igreja com uma fábrica e nós como os operários nas várias categorias considerando a produção, o trabalho feito e o dinheiro gasto “a indústria fábrica de discípulos está à beira da falência, está dando prejuízo na produção”. Sendo uma indústria de âmbito universal e que é plano do Dono da indústria, JESUS, implantar filiais em todas as nações, povos, tribos e línguas. Falamos sobre a produção atual de discípulos sobre o nosso ponto de vista deixa muito a desejar. Entretanto, o “Proprietário” JESUS está atento acompanhando com maior interesse cada trabalhador, protegendo, ensinando e dando assistência pessoal. Assim lemos que em Atos 18.9 “Tendo Paulo durante a noite uma visão em que o Senhor lhe disse: não temas; pelo contrário, fala e não de cales; portanto eu estou contigo e ninguém ousará fazer-te mal, pois, tenho muito povo nesta cidade.” E ali permaneceu um ano e seis meses ensinando entre eles a Palavra de Deus. Em conversa com os seus gerentes fazendo observações sobre o trabalho em Apocalipse 2.19 “Conheço as tuas obras, o teu amor, a tua fé, o teu serviço e tua perseverança e as tuas últimas obras, mais numerosas do que as primeiras, tenho, porém, contra ti o tolerar que essa mulher Jezabel que a si mesma se declara profetisa, não somente ensina, mas seduz os meus servos a praticarem a prostituição e a comerem coisas sacrificadas aos ídolos. Dei-lhe tempo para que se arrependesse, ela, todavia não quer arrepender-se da sua prostituição.” Ele aconselha: “Mas o que tendes retende-o até que eu venha” (Apocalipse 2.25). Ele faz advertência: “Lembra-te de onde caíste, arrepende-te e pratica as primeiras obras; quando não, brevemente virei e tirarei do teu lugar o teu castiçal, se não te arrependeres.” Ele faz promessas: “Ao que vencer concederei que se assente comigo no meu trono” (Apocalipse 3.21a). Faz acusações “Eu sei as tuas obras que tens nome de que vives e estais morto, sê vigilante e consolida o resto que estava para morrer; porque não tenho achado integras as tuas obras na presença do meu Deus Lembra-te, pois, do que tens recebido e ouvido, guarda-o e arrependa-te porquanto, se não vigiares virei como ladrão e não conhecerá de modo algum em que hora virei contra ti.” Mas também Ele elogia: “Eu sei as tuas obras e o seu trabalho e a tua paciência que não pode sofrer os maus” Ele equipa: “Mas recebereis poder do Espírito Santo que há de vir sobre vós” (Atos 1.8a) ; Ele promete assistência permanente: “Eis que estou convosco todos os dias até a consumação dos séculos” (Mateus 28.20). Ele garante até uma “aposentadoria” sem preocupações: “Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde benditos do meu Pai, possui a herança, o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo” (Mateus 25.34). Porém Ele exige produção: “Não escolhestes vós a Mim, mas Eu vos escolhi a vós e vos nomeei para que vades e deis fruto e o vosso fruto permaneça” (João 15.16a).

   Os trabalhadores desta fábrica de discípulos sendo bem remunerados Marcos 10.29-30.  Trabalhemos enquanto é dia na implantação de Igrejas em todos os lugares da terra, ISTO É MISSÕES!!!

 (Jornal “O Cibanerj” editorial de Missões, pag. 3, fevereiro de 1991)

(Pr. Ivo Constancio da Silva, Secretário de Missões)

:: Escrito por Pr. Ivo Constancio, às 14h45.

:: Envie esta mensagem